sexta-feira, 30 de março de 2012


solidão



Não bata na porta do meu coração.
Não me desperte emoções,
me deixe na solidão.

Aqui escondo minhas ilusões.
Aqui...
No meu refugio, nesse lugar que ninguém pode me encontrar.

Por favor...
Não venha, não me faça despertar;
Sem a intenção de me amar. 
0

Aparências





Parece que não, mas eu preciso.
Eu nego, mas eu quero;
Fujo, mas preciso.
Parece que não sou completa;
e talvez não seja mesmo.


0

domingo, 11 de março de 2012


RESENHA- O semeador de idéias

A resenha de hoje é sobre um livro inspirador, diferente e unico.


O semeador de idéias é mais uma obra-prima de Augusto Cury, quem conhece a fama e a inteligência dele sabe que não estou exagerando quando o chamo de GRANDE MESTRE DA INTELIGÊNCIA. Augusto Cury não é um dos melhores escritores da atualidade, ele é O MAIOR escritor da atualidade; seus livros são escritos para instigar, para libertar o intelecto humano e para formar seres humanos que pensem e refletem sobre a vida, a existência.

Bom vamos à resenha!



Um poderoso homem sofre perdas irreparáveis e torna-se um colecionador de lágrimas. Despedaçado, sai em busca  dos porões de sua mente e da sociedade dos seus sonhos.

"Não é possivel", pensei. Em vez de se prostar diante de Deus, ele o O chamou para um debate.  E ninguém previa o que seria discutido. Depois desse episódio, ele deixou de ser um vendedor de sonhos e passou a ser um semeador de idéias. E nós, após presenciar seu "debate" nunca mais seriamos os mesmos. Não apenas os que o seguiamos ficamos perplexos, como também a multidão que se aglomerou ao redor dele, emudecida.


Esse é um daqueles livros que você começa rindo e contando pra todo mundo, mas termina pensativa, calada e as vezes até triste. Quando terminei de lê-lo eu fiquei pensativa, e emocionada não só pelo sofrimento do personagem principal, mas também pelo da sua filha. 
1

Carência



Talvez hoje eu esteja carente;
Quem sabe até sentimental.
Posso chorar por motivos futeis;
ou até mesmo sorrir de coisas inuteis.
As vezes digo que não me importo;
quando na verdade quero dar minha opinião,
Deixar claro que me preocupo com você.

0